Por que empresas devem se preparar para os ataques DDoS

Ataques distribuídos de negação de serviço, os chamados DDoS (Distributed Denial of Service, na sigla em inglês), têm tirado o sono de empresas em todo o mundo.

O uso de um ataque DDoS pode ser o mais variado, desde derrubar uma operadora de criptomoeda e um e-commerce, até ser usado para prejudicar um concorrente de qualquer lugar do mundo. Também pode ser usado como uma isca, enquanto o time de defesa está tentando mitigar o DDoS, outra frente de ataque segue por outra via invadindo o sistema e roubando dados.

Outra via de ataque indireto é bombardear um ISP e então causar lentidões absurdas no sistema ou mesmo interrupção de serviços. O ataque afetaria não somente uma empresa ou usuário, mas todos os assinantes daquele serviço de provedor de internet.

Paul Nicholson, diretor de marketing da A10 diz que no Brasil são registrados em média 27 ataques DDoS por hora, estando entre as 10 regiões que mais recebem ataques no mundo. – o que aumenta o alerta no País.

Além disso, uma proporção significativa de organizações busca aumentar seus orçamentos para soluções preventivas anti-DDoS. A maioria (74%) dos entrevistados diz que seus investimentos estão aumentando, em comparação com 54% em 2015. A quantidade de orçamentos globais também aumentou, de 22% para 29% em 2018.

 

A Marvitel trabalha com o anti-DDoS para combater esses ataques.

Vantagens:

  • Proteção contínua, com gerenciamento e monitoração 24 x 7.
  • Detecção e mitigação de ataques em até 15 minutos.
  • Não há necessidade de hardware adicional instalado no cliente.
  • Gerenciamento do ataque antes do tráfego atingir a rede do cliente.
  • Envio de relatórios mensais.

Preserve a acessibilidade do seu servidor, serviço ou infraestrutura com o serviço Anti-DDoS da Marvitel.

Fonte: ComputerWorld

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *